Terças // 19 Horas

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.

Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.

O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos.”

Habacuque 3:17,19

As três árvores citadas eram os três maiores patrimônios agrícolas de Israel, pelo que produziam e significavam. Habacuque literalmente declara que sua alegria, não estava fundamentada em valores terrenos, mas no Senhor, não no que Deus podia dar, mas no que Deus é.

Em alguns momentos da vida, a espera da resposta de uma oração, a solução de um problema, a liberação de uma benção, o dia do nosso milagre torna-se tão distante, há dias em que não conseguimos enxergar a luz no fim do túnel.

Os dias são tão longos, é tão difícil esperar, é tão difícil dizer Deus te abençoe meu irmão, se eu não sinto que Deus está abençoando a minha vida...

Nestes momentos surge até mesmo a dúvida será que Deus está me escutando, será que o Senhor ouve o meu clamor? Habacuque foi o profeta que disse; O justo vive pela fé. Hab. 2:4

Outro exemplo de fé e perseverança e também de luta tremenda que nenhum de nós pensou um dia passar, ao lermos a história de Jó quando lhe restava apenas a pele doente em cima de seus ossos, Jô levanta sua voz e brada:

“Oxalá que as minhas palavras fossem escritas! Oxalá que fossem gravadas num livro! Que, com pena de ferro, e com chumbo, fossem para sempre esculpidas na rocha! Pois eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida esta minha pele, então fora da minha carne verei a Deus...

Jó 19:23,27

 

Jó estava confessando a sua fé inabalável, que independente da sua situação aqui nesta terra, independente da sua restituição, independente de tudo o que Deus lhe deu e depois lhe tirou, Jó queria a sua salvação pois queria ver a face de Deus. A palavra nos diz: que os que confiam no Senhor serão como montes de Sião que não se abalam, mas permanecem para sempre, independente do milagre que nós esperamos aconteça ou não. Porque um dia tudo aqui serão coisas passadas, esquecidas, porque viveremos enfim em uma nova cidade, onde o Senhor preparou tudo novo, onde não haverá mais morte, nem dor, nem enfermidade, nem tristeza, nem lágrimas existirão mais.

Ainda que a figueira não floresça, ainda que não possa enxergar o dia do meu milagre, ainda assim, eu me alegrarei no Deus da minha salvação, pois, Eu sei que o meu redentor VIVE e virá me socorrer

Tanto Habacuque como Jó, tomaram posição com respeito a fé. E é isto que tem que acontecer conosco, ou eu me disponho a crer, e ser de Deus de verdade, ou Jesus não fará nenhuma diferença na minha vida. A falta de decisão, e a falta de posição, isto é;(um pouco vou crer, um pouco não, um pouco sou de Deus, um pouco não, um pouco vou confiar, mas de vez em quando, vou duvidar). Isto faz, com que o evangelho de jesus seja um evangelho deprê, sem vitórias, isto é; morto, sem função, não faz diferença.

O evangelho de jesus reina, vive, e Deus é tudo para mim. Pois a minha fé não depende das circunstâncias, mas sim no que Deus diz ser. O grande EU SOU. (Sou tudo de que você precisa, sou suficiente pra você).

Deus abençoe.

Pr. Luis C Cordazzo


Facebook

Comentários

Catedral Quadragular

2ª Igreja do Evangelho Quadrangular

Rua Sestilho Possamai 729 - Bairro Jardim Glória

Bento Gonçalves - RS